Posted by Elvira Pereira outubro 23, 2009 0 comments

O VAZIO QUE DOMINA A SOCIEDADE

Os tiroteios não se restringem somente aos morros, a polícia e ladrão, as secretarias de justiça. Agora, vão mais além e ecoa nos ouvidos da sociedade que dorme escondida num mundo de faz de conta, onde nada lhe diz respeito; onde o problema é do vizinho e não atinge a casa dos honrados homens e mulheres que pagam seus impostos para garantir regalias pessoais. Essa é a realidade de muitos indivíduos que não se manifestam diante dos horrores da criminalidade inserida em todas as instâncias, as pessoas procuram novidades efêmeras, sons diferentes, cheiros e sabores exóticos para dar sentido a sua existência sem, no entanto, se comprometer com todas as transformações e evoluções desse mundo moderno em muitos aspectos e, extremamente tradicional em outros. Vivemos, ainda, sob as leis da esfera pública que ao tentar legalizar suas decisões lança mão da esfera privada onde se encontram os esquecidos do mundo e, em outros momentos excluídos da sociedade, uma sociedade que não é grande o bastante para comportar essa gente que se arrasta no lodo pegajoso deixado pela fartura dos que podem entrar e brincar no trio elétrico.
O que fazer com esse imenso vazio social, cultural, humano instalado nas instâncias de uma sociedade protecionista e tão cheia de regras quebradas a cada necessidade dos seus dirigentes?
É necessário o vazio do homem para ele encher-se de novos ares?
O vazio é um mal que se instala em nosso ser em horas necessárias à reflexão, mas, quase sempre não aproveitamos esse precioso momento para reordenar o pensamento, os sentimentos, as atitudes. Buscamos o vazio da alma e caímos em precipícios que nos conduz ao egoísmo, a insensatez, a imprecisão do sentir a vida e, acabamos por encontrar a loucura como refúgio para nos escondermos de nós mesmos. A partir da loucura nosso vazio passa a fazer parte da vida dos outros atrapalhando as mentes sãs e, algumas vezes, até escravizando-as em detrimento dos nossos confortos egoístas. Esperamos que os outros nos resgate e atrofiamos nossa capacidade de superação das dificuldades, erguendo muros intransponíveis para uma mente doente e acomodada em ninchos exclusivos com entrada permitida, apenas, à paciência e a compaixão pelo Ser doente.
Doente está toda uma sociedade que não sabe a quem recorrer para limpar a sujeira de muitos anos jogada embaixo de tapetes mortíferos e sem dono, relegados ao abandono e a estagnação do pensamento criativo.
Elvira Pereira de Araújo

O site da Expatica/France Press publicou ontem, a informação de que um engenheiro francês de 48 anos se tornou o 25º funcionário da France Telecom a cometer o suicídio.

O porta voz da companhia divulgou nota dizendo que o presidente Didier Lombard estava "profundamente abalado" pela recente morte e que tinha viajado para Lannion, onde está localizada a empresa R&D, que faz parte do grupo França Telecom, cujos funcionários já estavam abalados com outro suicídio, ocorrido em agosto deste ano.

Didier Lombard havia comunicado no mês passado que a empresa estava vivendo um momento de grande reestruturação, e anunciou uma série de medidas com o objetivo de colocar um fim no que ele chamou de "espiral da morte" que estava acontecendo dentro da corporação. Inclusive o vice-executivo, Louis-Pierre Wenes, responsável pela reengenharia de modernização implantada na companhia recentemente, e que estava sendo acusado pela onda de suicídios, foi despedido este mês. E não era para menos, pois alguns suicídios ocorreram no local de trabalho, além disso muitos trabalhadores deixaram cartas culpando as decisões da empresa ou relatando situações de extremo estresse no trabalho.

A empresa informou que desde o começo deste ano havia congelado todas as transferências de funcionários e que estava oferecendo aconselhamento psicológico, mas mesmo assim os suicídios continuaram. No mês passado, um funcionário de 51 anos, pulou do viaduto em Annecy, figurando como o número 24 na lista de mortos. Na última terça-feira, graças aos moradores de Marselha, os bombeiros conseguiram impedir o 26º suicídio, de um funcionário que já estava pendurado no teto do porão, mas felizmente foi salvo a tempo. Os cinco sindicatos da France Telecom emitiram uma declaração dizendo que os trabalhadores "ainda estão em perigo. E que isso é intolerável e inaceitável".

A França Telecom é uma das giganges das telecomunicações na Europa e emprega cerca de cem mil pessoas na França. A Orange é o braço para Internet, televisão e celulares na maioria dos países onde a França Telecom opera. O grupo vendeu mais de 53 bilhões de Euros em 2008 e conta com uma base de 186 milhões de clientes em 30 países (dados de junho de 2009). Todos estes números, infelizmente não foram suficientes para dar suporte emocional aos funcionários. Foto: AFP/Getty


---------- Forwarded message ----------
From: IVA - Voluntários SC
Subject: MBV 2009: Lançamento do Ebook
To: Regina Cunha (cultmidia)

Olá blogueiro? Tudo bem?


Esse email é para te contar uma importante novidade: finalmente saiu o Ebook dos participantes do Movimento Blog Voluntário 2009. Parabéns a você pelo artigo da pag. 26 Twitter Passo a Passo (veja tb Twitter Passo a Passo 2) e a todos os participantes. O Movimento continua: divulgue os livros para quem precisa. Vamos continuar combatendo o analfabetismo digital! Muito obrigada por sua ajuda.

Equipe do Portal Voluntários Online

Blog Voluntário


O Movimento Blog Voluntário foi uma idéia que surgiu com o objetivo de estender o Dia Global do Voluntariado Jovem ao mundo online. Nos dias 24, 25 e 26 de abril, pessoas do mundo inteiro trabalharam para melhorar o ambiente global e local. Funcionou assim: os blogueiros escreveram posts para ajudar pessoas iniciantes no mundo virtual e combater o analfabetismo digital. Com o sucesso do Movimento Blog Voluntário 2008, que conseguiu agitar a blogosfera em torno de uma boa causa, ampliamos as ações para 2009. E neste ano, para tornar o Movimento ainda maior, fizemos um ebook reunindo todo o material postado. O material ficou tão bom que funcionará como guia não só para os iniciantes na web, mas também para todos que desejam ter mais conhecimento sobre os mais variados temas relacionados à internet. Confira:

Volume um:
Computador, Ferramentas.
Volume dois:
A Internet, Segurança na Rede e Informática.
Volume três:
Blogs, Conselhos e Reflexões, Comércio Eletrônico.
Volume quatro:
Redes Sociais, Pesquisa, Sites interessantes.

SONORA: tá todo mundo ligado!

Posted by recunha outubro 19, 2009 0 comments

Fonte: Sonora

Estréia amanhã, 20/10, a Rádio Sonora Experimental, proposta de atividade acadêmica do curso de Comunicação Social da UFRN Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A programação é variada e estará no ar diariamente até o dia 24 de outubro, das 8 da manhã às 7 horas da noite (horário de Natal, RN - não estamos no horário de verão).

A Rádio Experimental em Comunicação (REC) já funcionou em outras edições da Cientec Semana de Ciência, Tecnologia e Cultura, porém neste ano a Sonora Experimental apresenta uma nova proposta, inédita. Uma das novidades é a transmissão dos programas na rádio web, que pode ser conferida diretamente do blog da Sonora.


O projeto conta com a participação de 50 alunos da Comunicação Social da UFRN: habilitações Radialismo, Jornalismo e Publicidade, atuando em diversas áreas como: produção, locução, operação de áudio, radiojornalismo e assessoria de imprensa.

Mais informações:
Alexandre Santos - coordenador técnico - 84 9977-6464
Hélcio Pacheco - coordenador pedagógico - 84 8723-4800
e-mail: assessoria_sonora@hotmail.com
http://twitter.com/radio_sonora

Fonte: AZCentral

A mídia americana, e até alguns jornais internacionais (através da Reuters) foram surpreendidos por uma 'pegadinha' do grupo YES Men, um grupo de ativistas que roubam identidades de grandes empresários para tentar consertar os erros, na opinião deles, que foram cometidos pelas empresas.


Os jornalistas não gostaram da brincadeira, até porque a rede americana CNBC estava transmitindo o evento ao vivo. A própria Reuters já havia distribuído a notícia como verdadeira.

A falsa conferência de imprensa aconteceu no Clube Nacional da Imprensa, na capital americana Washington, e reuniu um grupo de jornalistas para tratar de um assunto extremamente importante: legislação climática. A pauta dizia que a Câmara de Comércio dos Estados Unidos estava convocando a imprensa para anunciar o apoio da organização à legislação climática, o que não é verdade. Na realidade, a Câmara se opôs à maioria da legislação climática, expressando a preocupação de que não é suficientemente abrangente e internacional e que há uma imposição de encargos elevados no que se refere a regulamentação.

No pulpito com o logotipo 'falso' da Câmara de Comércio, o YES man avisava que "isso é para dar apoio ao presidente Obama, que terá forças para levar todo o mundo empresarial no sentido de garantir nossa prosperidade a longo prazo..." quando foi interrompido por um funcionário real da verdadeira Câmara avisando que aquela coletiva de imprensa era uma 'farsa'.

A confusão ainda durou alguns minutos, enquanto os jornalistas assistiam o bate-boca entre o falso porta-voz e o funcionário verdadeiro, acusando-se mutuamente. Depois da discussão o verdadeiro funcionário, Eric Wohlschlegel, diretor de comunicações, apresentou suas credenciais e leu um comunicado oficial da Câmara, assinado pelo vice-presidente de comunicações, Thomas Collamore, explicando que "essas táticas irresponsáveis são uma distração tola do sério esforço que a nossa nação está fazendo para reduzir os gases que causam o efeito estufa".

Além do YES Men, participaram da trama os membros do grupo ativista Avaaz Action Factory e do site ambiental BeyondTalk.net. O grupo Yes Men é conhecido porque seus membros costumam se passar por representantes de empresas, e anunciar políticas para corrigir o que eles acreditam que são injustiças sociais ou ambientais. Em 2004, um dos membros do YES enganou a BBC ao se passar por um porta-voz da Dow Chemical e aparecer em um programa de notícias anunciando que a companhia estava assumindo total responsabilidade pelo desastre de Bhopal, ocorrido em 1984, um dos piores acidentes da história.


    Arquivo

    Cultmidiáticos