Educar é mais do que compartilhar a experiência, é a busca pelo despertar de novos conhecimentos, fortalecendo os saberes. Alguns professores - imprescindíveis - fazem isso e um pouco mais. Uma destas professoras especiais é a Josimey Costa, que compartilha com seus alunos e pares, a vitória da aprovação integral, pelo FINEP, do projeto que permitirá a instalação de um sistema de transmissão de televisão digital terrestre para apoio a pesquisas  em TV Digital e Interativa na UFRN. O financiamento é da ordem de R$ 1 milhões 600 e envolve vários pesquisadores sob a coordenação do Prof. Luiz Marcos Garcia Gonçalves, do Departamento de Engenharia de Computação e Automação do Centro de Tecnologia - UFRN. O transmissor será instalado na TV-RN, de modo que seremos um campo experimental de pesquisa em TV Digital e uma das primeiras emissoras universitárias do país a realizar este feito.

Sistema de transmissão de televisão digital terrestre para apoio a pesquisas  em TV Digital e Interativa na UFRN

     O projeto propõe a aquisição de equipamento multiusuário de uso sistêmico destinado à realização de pesquisas visando o desenvolvimento de metodologias e linguagens audiovisuais para Televisão Digital Interativa (TVDI). Este equipamento será utilizado de forma compartilhada na UFRN, fornecendo uma nova estrutura para produção de aplicações para TVDI, revitalizando assim as linhas de pesquisa corrente.

O propósito é a  manutenção do nível de excelência de pesquisas em TVDI na UFRN. Apesar do nível de excelência nas pesquisas em TV Digital da UFRN (pioneira no Brasil nesta linha, desde 1998),  nem sempre seus pesquisadores puderam encabeça-las (com algumas exceções recentes). Uma das razões é a ausência de equipamentos adequados na nossa TV Universitária que permitam a inverstigação em todas as fases da  pesquisa, incluindo a etapa final produção e difusão de conteúdos interativos.


A proposta foi aprovada pelo edital da FINEP de fomento à investimento à infra-estrutura de pesquisa CT-INFRA e consiste na aquisição de um sistema de transmissão de televisão digital e sistema irradiante  no valor  de R$1.660.300,00. A proposta  é coordenada pelo Prof. Luiz Marcos Garcia Gonçalves, com experiência destacada em  projetos como RH-TVD – formação de recursos humanos para pesquisa em TV Digital e Interativa -  CAPES (três executados na UFRN,  em parceria com várias outras instituições).

Os  equipamentos solicitados nesta proposta  ficarão lotados na TVU-UFRN  à disposição de todos os usuários que apoiaram o projeto proposta, representados por mais de 40 pesquisadores distribuidos em pólos de excelência em tecnologias e linguagens audiovisuais digitais para televisão aberta e  grupos e departamentos que estão convergindo para o desenvolvimento de ciência e tecnologia em TVDI da UFRN. Dentre os pesquisadores qua apoiaram a proposta, pelo menos  cinco são do CNPQ – Prof. Dr. Luíz Marcos Garcia Gonçalves, Prof. Dr. Aldayr Dantas de Araújo (Titular), Prof. Dr. Adrião Duarte Dória Neto (Titular), Profa Dra. Thais Vasconcelos Batista, Prof. Dr Bruno Motta de Carvalho (chefe do DIMAp).

A redação do projeto contou com o  suporte do Núcleo de Pesquisa e Projetos da Superintendência de Comunicação -- COMUNICA e reuniu fundamental do   Departamento de Engenharia de Computação e Automação - DCA,   Departamento de Informática e Matemática Aplicada – DIMAp, o Laboratório LASID, parceiros da recém criada Escola de Ciência e Tecnologia (ECT), e grupos e departamentos que realizam pesquisas pautadas no desenvolvimento de linguagens e conteúdo como o Deparamento de Comunicação Social, Departamento de Educação, Departamento de Artes, o  NUDICT, o NEC e a Secretaria de Educação à Distância --SEDIS,  Núcleo de Comunicação em Cultura, Ciência e Tecnologia – NUDICT, Núcleo de Educação em Ciências – NEC, Núcleo de Artes e Cultura – NAC, Base de Estudos e Pesquisas em Meios de Comunicação e Educação – ComBase, MATIZES - Grupo de Pesquisa em Cultura Visual, Grupo de Pesquisa Linguagens da Cena: Imagem, Cultura e Representação, Grupo de Estudos de Práticas Educativas em Movimento – GEPEM.


O equipamento solicitado ao CT-INFRA/FINEP marca o início de uma era das pesquisas transdisciplinares em TV Digital na UFRN amparada pela estruturação de uma emissora de televisão real, a TVU-UFRN. Há muito trabalho a ser feito neste vasto campo de pesquisa visando estabelecer metodologias e aplicações nesta área e a UFRN pelos grupos envolvidos com a compra deste transmissor. Neste primeiro momento a pesquisa em TV Digital Interativa deve impactar ao menos quatro programas de Pós-Graduação: Programa de Pós-graduação em Estudos da Mídia – PPgEM,  Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica e de Computação, Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Computação e  Programa de Pós-Graduação em Educação.
Por Josimey Costa da Silva - Superintendente de Comunicação da UFRN

Revele o que há de melhor em seu lugar

Posted by Érica Lima junho 02, 2010 0 comments


O Concurso Fotográfico Um Olhar sobre a Cultura Popular Nordestina tem por objetivo:
  • Revelar um olhar do povo brasileiro sobre a cultura popular nordestina;
  • Valorizar nossos bens culturais, materiais e imateriais;
  • Proporcionar o registro da cultura nordestina;
  • Difundir a produção fotográfica no Brasil;
  • Oferecer entretenimento cultural aos brasileiros, em especial aos nordestinos;
  • Promover a participação da comunidade, estimulando a produção no campo das artes visuais, através da fotografia.
As inscrições vão até o dia 10 de julho. Participe! São quase cinco mil reais em premios para serem divididos entre os dez primeiros colocados. Mais informações no site Olhar Cultural.

Relógio mostra quantos somos

Posted by recunha maio 30, 2010 0 comments


O site Apolo 11 traz um aplicativo que apresenta a contagem populacional atualizada a cada segundo, baseada em dados referenciais fornecidos pelos mais importantes órgãos de análises demográficas do mundo.  O contador não retrata o momento específico que uma nova pessoa é somada à população e sim o tamanho e velocidade de crescimento das populações, atualizada neste painel a cada tique-taque do relógio. Segundo o Census, a população mundial deve chegar a 7 bilhões de pessoas em julho de 2012. No caso da população brasileira, os dados referenciais são aqueles calculados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, e computados segundo a segundo pelo Apolo11 através de algoritmo próprio. A casa decimal observada nas contagens do Brasil, Estados Unidos e União Européia foram incluidas apenas com o propósito de retratar a evolução fracionária a cada segundo.


O Departamento de Comunicação do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UFRN Universidade Federal do Rio Grande do Norte apresenta o curso de Cinema Digital com a diretora de cinema, Dra. Nancy Membrez, da Universidade do Texas, (Santo Antonio, Estados Unidos).

O curso será ministrado de 31 de maio a 4 de junho de 2010, no LabCom da UFRN.

Membrez que também é professora de Espanhol e Estudos da Mídia na Texas Uni, foi premiada com o troféu de Melhor Filme e Melhor Trilha Sonora no Festival Internacional de Cinema em Kent, Inglaterra, em junho de 2008, pela obra "Portrait in Sepia Tone". O filme conta a história que surge por causa de uma fotografia em "color sépia" (envelhecida/amarelada) que é encontrada por duas jovens irmãs, Karen e Lisa, em um velho caminhão em 1965. A avó delas Victoria explica que a foto pertence a irmã dela, Helen, que viveu um casamento problemático com um proeminente médico da época, Marshall Decker. 

O filme tenta mostrar a crise de caráter vivida pelas pessoas nos idos de 1913 e 1944, em San Antonio, Texas (EUA). O filme foi produzido digitalmente e agora Membrez trabalha em sua próxima produção Amethyst and Ashes, além de uma pré-produção para um curta metragem de dez minutos sobre o balé The Legend of the Rainlily and the Star. Na literatura Membrez está editando o segundo livro sobre a filmografia de Eliseo Subiela.

    Arquivo

    Cultmidiáticos