O tema a ser analisado e debatido na próxima aula (05/11/2009) de Estudos da Mídia e Práticas Sociais (PPGEM/UFRN) será a Sistematização de Práticas Sociais.

O texto abaixo apresenta uma Proposta de um Roteiro Metodológico, de autoria de professores e alunos da UFBA Universidade Federal da Bahia.


O que significa “sistematizar” práticas sociais e experiências de desenvolvimento local? Sistematizar é construir a memória de uma experiência de desenvolvimento local, divulgar saberes relacionados a práticas (lições e ensinamentos), estimular o intercâmbio e a confrontação de idéias, bem como contribuir a reconstituir visões integradas dos processos de intervenção social. Ou seja, sistematizar é contar o que a OSC faz na sua prática a fim de ajudá- la a aprender com seus próprios processos. A prática social é mais que um projeto. Ela é mais que uma avaliação. Ela não visa simplesmente a chamar a atenção para os êxitos de uma experiência. Ela dá ênfase aos processos de difícil mensuração, pois o tempo é essencial para revelar práticas sociais efetivas. A sistematização revela conhecimentos, deixa raízes, transforma histórias de vida, interfere em processos sociais. Podemos afirmar que a sistematização permite relacionar teorias e práticas tanto da ação individual quanto da ação coletiva. Ela pode ajudar a dar sentido aos inúmeros atos individualizados em um âmbito mais amplo e complexo da ação do grupo.

(Veja a seguir o texto na íntegra)



02/11/2009 | 9h/17h
Conferência Livre Feminista de Comunicação
Local: Rua: São Bento, 413, no Edifício Martinelli, São Paulo

12/11/2009 |
IV Congresso da CiberSociedad 2009
Local: online
O congresso online sobre Cibercultura, acontecerá entre 12 e 29 de novembro, com o tema “Crise analógica, futuro digital”. Os eixos temáticos são: Educação, Cultura, Política, Economia, Comunicação e Ciência. Para participar clique aqui.

17/11/2009 |
Conferência Estadual do Rio Grande do Norte
Local: Natal - RN
Acontece entre os dias 17 e 18 de novembro a I Conferência Estadual do Rio Grande do Norte. (A confirmar)

25/11/2009 |
XI Simpósio Observanordeste (Observatório Social do Nordeste)
Local: Fundação Joaquim Nabuco - Sala Calouste Gulbenkian
Av. 17 de Agosto, 2187, Casa Forte, Recife, PE
Entre os dias 25 a 27 de novembro acontece o Observanordeste, com o tema Mídia, Política e Democracia. O evento é uma promoção da Fundação Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais e do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Pernambuco. O simpósio ocorrerá no auditório da sede da Fundaj, e é destinado a jornalistas, professores e estudantes, radialistas, pesquisadores sociais e representantes de movimentos sociais, que discutirão a comunicação e sua relação com a política e a democracia. Um dos pontos da programação será a democratização da comunicação no Brasil e a Conferência Nacional marcada para dezembro deste ano.

Fonte: FNDC (Redação/F.Reinholz)

Promover e estimular o conhecimento sobre a mídia, suas potencialidades e características requer uma política pública abrangente, unindo os campos da educação, da cultura e da comunicação. A capacitação da sociedade para uma leitura crítica da mídia é um dos eixos estratégicos da atuação do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação. [...]No Brasil, os meios de comunicação são dominados pelo sistema privado. Diante da falta de um contraponto, é necessário gerar modalidades de contra-informação, observa a psicóloga Roseli Goffman, representante do Conselho Federal de Psicologia na Coordenação Executiva do FNDC. [...]Segundo a psicóloga, é necessário garantir a criação de fontes de financiamento para incentivar a diversidade e a regionalização na produção de conteúdo, inserir o caráter transdisciplinar da educação para a mídia em todas as ações de universalização das comunicações, estimular e promover o interesse da população pela leitura. “A leitura crítica da mídia não deve ser uma matéria independente do currículo escolar. Ela tem que ser uma leitura transversal e expressar a conscientização do professor”, argumenta a psicóloga. [...]O FNDC em seu Programa para a Democratização da Comunicação no Brasil, propõe a criação de um Instituto de Altos Estudos de Comunicação e Estratégia, a criação de um programa de Capacitação da Leitura Crítica dos Meios de Comunicação e debate da estética, assim como uma política pública nacional que inclua no currículo escolar do ensino fundamental e médio disciplinas sobre a mídia. Defende a inclusão no currículo escolar do ensino fundamental e médio, de disciplinas sobre a mídia inseridas dentro de uma filosofia que resgate o caráter dialógico da comunicação. Para ler a notícia na íntegra clique aqui.

Arte, Cultura e Gastronomia

Posted by recunha outubro 28, 2009 0 comments

Festival Gastronômico do Beco da Lama
Arte: Assis Marinho / Design: Argumento / Foto: Od
(clique na imagem para ampliá-la)

Aviso Urgente do Ministério Público do Rio Grande do Norte


Ficam prorrogadas as inscrições até o dia 03/11/2009 do II CONCURSO PARA CREDENCIAMENTO DE ESTAGIÁRIOS PARA A ÁREA ADMINISTRATIVA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, para o preenchimento de quarenta e nove (49) vagas e mais as que vierem a surgir durante a validade do concurso. Entre as 49 vagas que estão sendo oferecidas, 3 se destinam aos estudantes da área de Comunicação Social - Jornalismo. Para ver o edital na íntegra clique aqui no link para o site do Ministério Público.



Fonte: Forum Nacional pela Democratização da Comunicação

Enquanto o governo federal discute se constrói uma rede pública de banda larga, pelo menos quatro Estados -Ceará, Pará, Santa Catarina e Paraná- já tomaram esse caminho e dizem ter obtido grande economia de custo em relação aos valores cobrados pelas empresas de telefonia.

A rede do Ceará terá 2.500 quilômetros km de extensão, em fibra ótica, e cobrirá 82 municípios, a um custo de R$ 60 milhões. Conectará todas as escolas, os hospitais, os postos de saúde, as delegacias e os órgãos da administração. [...]

No Pará, está em implantação um projeto de R$ 40 milhões para levar a internet em banda larga a todo o Estado. O "Navega Pará" utiliza 1.800 quilômetros de fibras óticas existentes na rede de alta transmissão da Eletronorte. [...]

Em Santa Catarina, o governo optou por um modelo híbrido: construiu uma rede própria de fibra ótica com 400 quilômetros de extensão que cobre as principais regiões metropolitanas e contrata links da Oi para chegar ao resto do Estado. A rede é usada para transmissão de dados, mas o Estado está fazendo uma licitação para comprar centrais telefônicas e para fazer ligações telefônicas via internet.

No Paraná, a comunicação é feita pela rede da Copel (estatal de energia e telecomunicações).(EL)

Para ler a notícia na íntegra clique aqui.


O dr. Madan Mohan Rao, diretor do Centro de Pesquisa em Mídia da Ásia (AMIC) e autor dos livros Africa ponto Edu e O livro da Internet na Ásia enviou duas fotos do Fusionopolis para os leitores CultMídia.


Fusionopolis é uma estrutura que abriga em u
m só lugar, com toda a segurança e infra necessária, ministérios de governos internacionais, pesquisadores em ciências humanas, sociais, novas tecnologias, grandes corporações, negócios, hotelaria, enfim. Localizado em Singapura, o Fusionopolis fica ao lado de outra hiper estrutura, Biopolis, dedicada às pesquisas e desenvolvimento das ciências biomédicas.

O
Fusionopolis I já está em funcionamento e atende ao Centro de Desenvolvimento da Mídia, além do Ministério da Informação, Comunicação e Artes de Singapura, gigantes internacionais como Lucas Filmes e Electronic Arts (cinema, animação e games), além de grandes empresas de telecomunicações, satélites, televisão, editoração de mais de 50 países. A chave que ligou o Fusion I, Talent Key (Chave do Talento), tinha a forma de um ser humano, com o objetivo de simbolizar a integração de todas as capacidades e habilidades humanas que estão e estarão reunidas em Fusionopolis para criar e impactar o futuro mundial. A inaguração do Fusion II está prevista para 2010.


Photo by MadanRao


    Arquivo

    Cultmidiáticos