Papel da TV para Comunicação

Posted by recunha novembro 26, 2010 0 comments

Para comemorar os 38 anos da TVU.RN, professores, pesquisadores, alunos e interessados, vão refletir sobre a televisão como mídia e analisar sua contribuição para a comunicação potiguar. O seminário O Papel da TV para a Comunicação Social acontece no dia 9 de dezembro, a partir das 14:30 horas no auditório do LABCOM da UFRN, Natal, RN.
 
PROGRAMAÇÃO
14:30h - Abertura
Prof. Dr. Cipriano Maia – Pró-Reitor de Extensão/UFRN
Prof. Dr. Márcio Valença – Diretor do CCHLA/UFRN
Profª. Drª. Josimey Costa da Silva– Superintendente de Comunicação/UFRN 
Jornalista Gorete Gurgel – Diretora da TV Universitária/UFRN
Profª. Drª. Maria das Graças Pinto Coelho – Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia da UFRN
Prof. Ms. Ruy Alckmin – Vice-chefe do Departamento de Comunicação Social da UFRN

15:00h – Exibição de vídeo sobre a história da TVU-RN

15:300h – Painel – A televisão como mídia: análise e perspectivas
Coordenador: Prof. Dr. Márcio Capriglione – Dept. Psicologia/UFRN
Participantes: Profª. Drª. Walkiria Kneipp – PpgEM – Decom/UFRN
                    Prof. Maurício Pandolphi –SimTV
                    Profª. Ms. Míriam Moema – DECOM/ UFRN

17:00h – Debate

17: 30h - INTERVALO

19:30h – Painel: Um panorama da televisão no RN
Coordenador: Profª. Drª. Maria Angela Pavan – PPgEM – Decom/UFRN
Participantes: Prof. Dr. Arnon de Andrade – DEPED/UFRN
                    Esp. Em Marketing Dirceu Simabucuru – InterTV Cabugi
                    Ms. Rudson Soares – Intervozes/RN

21:00h – Debate 

21:30h – ENCERRAMENTO

No próximo dia 30 de novembro, às 19 horas, no Auditório do Labcom  da Universidade Federal do Rio Grande do Norte acontecerá o Café Intercom. Durante o evento, os autores Maria Érica de Oliveira Lima, Sebastião Guilherme Albano da Costa e Valquíria Aparecida Passos Kneipp lançarão  os livros:

Mídia Regional: Indústria, mercado e cultura,

Sociedade, Teorias da Mídia e Audiovisual na América Latina, e

60 anos de telejornalismo no Brasil: história, análise e crítica.

Além do lançamento dos livros haverá uma apresentação das obras pelos autores. A mesa será coordenada pelo chefe do Departamento de Comunicação, Adriano Charles Cruz. O evento tem o apoio do Departamento de Comunicação e do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UFRN.

Informações livros:

1-) Título: Mídia Regional: Indústria, mercado e cultura. Autora: Maria Érica de Oliveira Lima. Natal, Ed. UFRN, 2010.
O livro é fruto da tese de doutorado em Comunicação Social defendida na Universidade Metodista de São Paulo e trata do fenômeno da indústria cultural regional sob o aspecto empírico da Rede Somzoom Sat,  emissora cuja transmissão via satélite, localizada em Fortaleza, CE,  desempenha a proliferação do forró eletrônico e identidades locais por  vários estados do Brasil. O livro ainda aborda a Indústria cultural sob  uma perspectiva atual, cultura e identidade regional, conceitos de cultura na sociedade e globalização, além de buscar em referências portuguesas e espanholas conceitos de localismo, consumo, regionalismo e  globalismo. Mapeia a indústria fonográfica do global ao local e o  surgimento da tecnologia no Nordeste brasileiro. Traz ainda histórico do  for all, músicas regionais nordestinas e um estudo de caso da banda Mastruz com Leite, pioneira neste gênero. Com prefácio da profa. Dra. Anamaria Fadul, Mídia Regional, é uma  obra que pretende estimular as pesquisas em comunicação cujos objetos  possam responder os fenômenos locais e regionais que estão espalhados  pelo Brasil a fora.

2-) Título: Sociedade, Teorias da Mídia e Audiovisual na América Latina. Organizadores: Sebastião Guilherme Albano da Costa e Maria Érica de Oliveira Lima. Jaboticabal\SP: Ed. Funep, 2010.
O livro é uma coletânea de vários artigos que debatem, em uma parte dos temas, a América Latina sob o ponto de vista da sociedade, como por exemplo, os acontecimentos e o fluxo de gente entre a fronteira do  México e dos Estados Unidos; apontamentos da economia política e a  inserção no mercado global; a retórica da mídia e a origem do  continente. No campo do audiovisual, destacamos como estudo de caso o  cinema de Luis Buñuel e uma leitura da cinematografia para a América  Latina, tendo como exemplo o cinema argentino e a filmografia de Eliseo  Subiela. Do Brasil abordamos a Televisão de fronteira entre o país e o  Paraguai e o registro dos 50 anos da CIESPAL Centro Internacional de  Estudos Superiores de Periodismo para América Latina. Num esforço de  reunir pesquisadores do Brasil, dos Estados Unidos e do México, é uma  obra que pretende responder os fenômenos gerados pela mídia, de vez que  esta prática social ascendeu como principal víncul  o entre os conteúdos  do mundo e da vida e os processos de subjetivação na própria a América  Latina.
 
Artigos:

Apontamentos da economia política para a América Latina:  globalização e sociedade - Maria Érica de Oliveira Lima - Universidade  Federal do Rio Grande do Norte.

Disierto lleno de gente: avatares de la multitud en la frontera  entre México y Estados Unidos - Héctor Ruvalcaba University of Texas  at Austin.

A retórica espetacular: instrução e mídia na origem da América  Latina  -  Sebastião Guilherme Albano da Costa Universidade Federal do  Rio Grande do Norte.

CIESPAL: centro articulador Del desarrollo periodístico en América Latina: cincueta años de contribución - Maria Cristina Gobbi Universidade Estadual de São Paulo.

Notícias da Fronteira: televisão e telejornalismo na fronteira do Brasil com o Paraguai - Marcelo Cancio Universidade Federal de Mato  Grosso do Sul.
 
Up from Frito Brandito: eight counter-stereotyping strategies from recent television commercials - Charles Berg - University of Texas at Austin.
 
Um paladim cinematográfico para América Latina -  Nancy Membrez University of Texas at San Antonio.

Luis Buñuel: SUS fuentes iniciales - Aurelio de los Reyes Universidade Autónoma de México.

3-) Título: 60 anos de telejornalismo no Brasil: história, análise e crítica. Autores: Ana Carolina Rocha Pessoa Temer, Alfredo Vizeu, Fabiana Siqueira, Beatriz Becker, Lara Mateus, Lidiane Queróz, Laura Maia, Eduardo Butter e Carol Machado, Célia Ladeira Mota, Christina Ferraz Musse, Mila Pernisa, Edna Mello, Liana Vidigal Rocha, Flávio Porcello, Débora Lapa Gadret, Guilherme Rezende, Iluska Coutinho, Jhonatan Mata, Sérgio Mattos, Valquíria Kneipp. Editora: Insular.
Depois de seis décadas de telejornalismo em nosso país, um grupo atento e comprometido de professores, pesquisadores e profissionais de  dez universidades públicas brasileiras, historiam, analisam e criticam  os erros e acertos da televisão. Empenharam-se em apresentar uma   compreensão e visão integral do fenômeno telejornalístico: sua evolução  histórica, a revolução das fontes, seus gêneros, sua influência na  cidadania e na identidade nacional, o modelo comercial e o público, o  ciberespaço, sua ação política e o poder, seu compromisso com a justiça  social, e a formação profissional. Esta é a reflexão que este livro  propõe sobre os noticiários que adentram em quase cem por cento dos  lares brasileiros. Prefácio de José Marques de Melo.

Flipaut 2010: Cultura e Cidadania

Posted by recunha novembro 22, 2010 0 comments

    Arquivo

    Cultmidiáticos