diversidade cultural

Posted by recunha julho 18, 2009 1 comments


O leitor do Cultmidia, Professor Madan Mohan Rao, diretor do Centro de Comunicação e Informação da Asia e colunista do Poynter Instituto (EUA), enviou esta foto do Rainforest que contou com representantes de várias partes do mundo para troca de informações sobre cultura e novas tecnologias.

---------- Mensagem Comentário ----------
From: Ademar Oliveira de Lima (Professor integrante do Blog Educacional Fund.EducaRede Argentina)
Date: Sun, 19 Jul 2009 14:49:52 -0700 (PDT)
Subject: [CultMidia] Novo comentário em diversidade cultural.
novo comentário sobre a sua postagem "diversidade cultural":

"Estive por aqui lendo um pouco o blog!! Abraços Ademar!!"


Deixe o livro lhe abraçar com carinho!!!
Deixe-o massagear o seu intelecto!!
Faça dele o seu melhor amigo!!
O Livro se humaniza pelos seus olhos!!!
Acredite!!! Será muito recompensado!!!!
(Professor Ademar Oliveira de Lima)

O processo de transição do sistema brasileiro de televisão do analógico para o digital está nas mãos do Ministro Carlos Ayres Brito, do Supremo Tribunal Federal. Para ler sobre o assunto clique aqui: Legislação do Cultmidia. Para ver o processo clique aqui: STF ADI 3944.

Blog do Professor Ricardo Rosado

Posted by Maria das Graças Pinto Coelho julho 17, 2009 0 comments

Caros leitores, estamos assistindo ao nascimento de mais um blog - o Fator RRH, do jornalista Ricardo Rosado. Diferente do nosso, que é colaborativo e temático - cultura da mídia -, além de ser escrito por todos os que se registram, o do professor Ricardo é autoral e focado na política local.
E já chega esperneando. Critica, analisa e informa sobre os fatos com a autoridade de quem sabe bem equacionar o valor-notícia.
Vida longa ao blog do professor Ricardo Rosado!
Para acessar, clique aqui:
http://www.fatorrrh.com.br/


---------------------------------------

COMENTÁRIOS




1-Regina Cunha em 18/07/2009


Para quem tentou o link acima
e não conseguiu,
por favor tente clicar aqui:
Blog Fator RRH


Democracia Popular Radical

Um grupo de blogueiros que compõem uma rede social democrática e radical está propondo a criação de um wikigresso para recriar um Congresso 2.0, com direito a debate, informação e voto popular.
Para saber mais, acesse o site:
http://webinsider.uol.com.br/index.php/2009/07/14/um-wikigresso-para-democratizar-o-nosso-congresso/

---------------------------------------------------------------------------------
COMENTÁRIOS

1. Regina Cunha, em 18/07/2009.

NationBuilder (Construtor de Nações) é um site para países democráticos projetado e desenhado por Jim Gilliam. Foi lançado em beta e está conectado ao White House 2 (Casa Branca 2) que é um website da Casa Branca (sede do Governo Federal dos Estados Unidos) como se ela estivesse sendo completamente administrada - democraticamente - por milhares de internautas, ou em outras palavras o Wikigresso 2.0 sugerido pelo Nepô. Os dois sites estão em inglês. Para conhecer e participar é só clicar nos links acima.


Maria Rita articula vínculos sociais a psicanálise

Posted by Maria das Graças Pinto Coelho julho 16, 2009 0 comments

O encontro de Maria Rita Kehl com o MST

Atualizado em 15 de julho de 2009 às 08:35 | Publicado em 15 de julho de 2009 às 08:11

por Patrícia Rocha, no jornal Zero Hora

Há três anos, um integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) perguntou à psicanalista Maria Rita Kehl como a psicanálise poderia ajudar a militância. Não era a primeira vez que Maria Rita estava palestrando para uma turma de alunos da Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), centro de formação e ensino idealizado pelo MST. Ela respondeu que a psicanálise não é uma prática militante, mas que muitos militantes precisariam fazer análise por razões particulares. E explicou:

– A neurose interfere na relação dos sujeitos com o laço social, o que vale para a militância.

Ao contar o episódio, Maria Rita, nome de referência da psicanálise no Brasil, diz que eles entenderam imediatamente o que estava implícito naquelas palavras. E, na saída, dois administradores da escola perguntaram:

– Quando você pode começar?

Na semana seguinte, Maria Rita deu início à experiência que já dura três anos e meio.

Doutora em Psicanálise, a campineira Maria Rita trilhou uma trajetória singular. Cursou Psicologia na USP em tempos de ditadura, trabalhou sete anos como jornalista, fez mestrado sobre televisão, teve um filho quando morava em uma comunidade e só em 1981 começou a atuar como psicanalista – e logo mais poeta e ensaísta. Suas palestras e seus livros transitam por diferentes temas – TV, juvenilização, ressentimento, feminino, ética na psicanálise... – o lançamento mais recente, O Tempo e o Cão – Atualidade das Depressões, teve início a partir de um pequeno incidente a caminho da ENFF, quando, premida pelo tráfego na Via Dutra, Maria Rita viu um cão atravessar a pista mas não pôde evitar bater no animal (que sobreviveu) – travestido de metáfora, o episódio a fez refletir sobre a aceleração da vida e seus efeitos subjetivos.

Neste longo percurso, analisar integrantes do MST e transitar no seio do movimento surge como a oportunidade de descobrir um universo fundado no coletivo e, como ela conta na entrevista a seguir, um privilégio.
Leiam a entrevista completa no Blog do Azenha:
www.viomundo.com.br/voce-escreve/o-encontro-de-maria-rita-kehl-com-o-mst/

Maria Rita Kehl tem vários textos sobre Televisão e o livro, escrito com Eugênio Bucci -"Videologia" -, São Paulo, Editora Boitempo: 2004, atualiza e articula a teoria marxista e psicanálise.
A linha de pesquisa Processos Socioculturais e Midiáticos do Grupo de Estudos de Mídia - Gemini, tem refletido este texto em suas produções acadêmicas.

Ivana Bentes em: "esse pessoal corporativo não larga do meu pé"

Posted by Maria das Graças Pinto Coelho julho 15, 2009 0 comments

DIPLOMA DE JORNALISMO
A tentação obscurantista

Por Ivana Bentes em 14/7/2009

Texto produzido a partir de intervenção na lista de discussão do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo, em 12/7/2009

É inacreditável o nível de obscurantismo e de "polícia" corporativa e "polícia epistemológica" nessas propostas de controle e restrição de um campo do conhecimento aberto e público, como o jornalismo.

Não existe mais lugar nas sociedades de radicalização da democracia, da democracia online, do jornalismo-cidadão, e que está experimentando novas formas de produção do conhecimento para esse tipo de raciocínio: mais embarreiramento, mais controle, mais poder, na mão de um grupo pequeno, seja de empresas, seja de profissionais, seja de corporações. Isso não qualifica nada. O que qualifica é uma boa formação, seja dentro ou fora das universidades.

Alguns profissionais e professores de jornalismo (em desespero inútil) parecem querer o monopólio ao reverso, que é simplesmente um espelho do monopólio mais indecente das empresas!

Será que o fim da exigência do diploma e os debates que se abriram de uma necessidade de mudança na formação e no mercado não serviram para nada? Só vão encontrar eco, aqui nesta lista, no pensamento mais reativo e francamente ultrapassado e obscurantista de retorno ao que não pode mais retornar?

Leia mais em: http//observatoriodaimprensa.com.br





Partindo da ideia de provocar estranhamento e curiosidade, o professor André Lemos da Universidade Federal da Bahia, lançou uma proposta inusitada: colar QR (quick response) Codes em banheiros.

Para isso, ele pesquisou frases filosóficas ou reflexivas, e construiu imagens a partir delas para em seguida, criar QR Codes associados. Os Quick Response Codes foram espalhados em sanitários de locais de grande circulação, como, por exemplo, em alguns shoppings da cidade, no Aeroporto Internacional Deputado Luis Eduardo Magalhães, em bibliotecas, faculdades e cinemas.

Tudo isso remete a um conceito novo, que está ganhando espaço e gerando mais pesquisas sobre o tema: as Mídias Locativas. Um conjunto de tecnologias e processos info-comunicacionais, cujo conteúdo da informação está diretamente associado a uma localidade (Lemos, 2003). É a interação do espaço e do objeto. Através das mídias locativas, as trocas informacionais não são mais originadas de meios massivos, nem do ciberespaço acessado em locais fechados, e agora passam a emergir de objetos que emitem localmente informações, processadas através de artefatos móveis. Como é o caso dos QR Codes, que podem ser anexados em qualquer lugar, levando informação para qualquer ambiente, inclusive para banheiros. Para saber mais clique aqui.


Vaga para professor

Posted by recunha julho 14, 2009 0 comments

Até o dia 21 de julho de 2009, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Campus de Cachoeiro de Itapemirim) está com inscrição aberta para uma vaga de professor substituto. O(A) candidato(a) deve ter licenciatura plena em pedagogia para atuar com política educacional e organização da educação profissional e tecnológica. Mais informações clique aqui.

A CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior lançou edital do Programa de Doutorado Interinstitucional (Dinter) Novas Fronteiras. As instituições de ensino superior (IES), federais ou estaduais, das regiões Norte, Nordeste ou Centro-Oeste, e detentoras de programas de pós-graduação stricto sensu credenciados pela Capes, podem enviar propostas, que devem ser apresentadas solidariamente com IES que mantenham programas de pós-graduação com conceito maior ou igual a 5.

Para 2009, os recursos são da ordem de R$ 4,5 milhões para apoio às propostas selecionadas. Aproximadamente 30 projetos Dinter deverão ser aprovados. Excepcionalmente, a Capes poderá apoiar propostas de IES localizadas em outras regiões, que demonstrem a necessidade de capacitação de seus docentes. As propostas devem ser encaminhadas, por meio eletrônico, até o dia 30 de setembro. Dúvidas e esclarecimentos podem ser encaminhados pelo e-mail dinter_novasfronteiras@capes.gov.br (e/ou pelos telefones (61) 2104-9017/9136.



A CAPES Coordenação Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior vai liberar R$ 17,1 milhões para projetos de Pós-Doutorado. As inscrições vão até o dia 31 de julho de 2009. Cada projeto poderá ter até três bolsistas. Os itens financiáveis são: bolsa mensal de R$ 3,3 mil e R$ 12 mil anuais, por bolsista, para compra de material de custeio. Os projetos apoiados pelo Edital PNPD/2009 terão duração de até 60 meses. Para mais informações clique aqui.

Os projetos devem atender a, no mínimo, um dos seguintes princípios norteadores: estar relacionados à inovação e ao incremento da cooperação científica com empresas; objetivar a formação de recursos humanos em projetos de inovação ou treinamento em áreas tecnológicas; resultar em aumento da competitividade das empresas de base tecnológica, em consonância com a Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP); aumentar qualitativa e quantitativamente o desempenho científico e tecnológico do país; apoiar grupos de pesquisa qualificados para dar suporte à competitividade internacional da pesquisa brasileira; contemplar a inovação, ter relevância regional ou estar inserido em uma política de desenvolvimento local; e, resultar em adensamento tecnológico e dinamização de cadeias produtivas.


Atenção - As inscrições para a seleção de alunos especiais para o segundo semestre de 2009 serão realizadas de 3 a 7 de agosto de 2009, das 8 às 12 e das 14 às 17 horas, na Secretaria da Pós-Graduação em Estudos da Mídia:

UFRN - CCHLA
Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia
Campus Universitário
CEP: 59072 970 - Natal (RN) Brasil
Telefone: (0**84)3215 3926

Serão ofertadas as seguintes disciplinas:

Teorias da Comunicação Midiática - Profª Dra. Kênia Beatriz Ferreira Maia
Estudos da Mídia e Práticas Sociais - Profª Dra. Maria das Graças Pinto Coelho
Economia Política da Mídia - Prof Dr. Sebastião Guilherme Albano
Documentos necessários: cópia de Carteira de Identidade, CPF, Diploma de Graduação, Histórico escolar da graduação, CV (com documentação comprobatória) e a Ficha de Inscrição (que deverá ser baixada no site da PPgEM) devidamente preenchida.

Aos amigos anônimos e bem parecidos conosco

Posted by Elvira Pereira julho 12, 2009 0 comments

Bom dia amigos!


Lendo algumas crônicas de alguns outros tantos amigos anônimos, cheguei à conclusão de que somos todos tão iguais, o que nos diferencia são apenas alguns gostos extravagantes; umas manias enraizadas em nosso cotidiano que usamos para nos defender de possíveis invasores, muitas vezes fruto de nossos medos e da insegurança em projetarmos o nosso real sentimento para quem nos observa.Meu amigo, você já prestou atenção em quanta coisa é camuflada para mantermos uma aparência irretocável, por puro medo de nos expormos ao ridículo? Será amigo, que se nos despíssemos da nossa armadura protetora chamada ego poderia ser mais leve nossa armadura e entender a vida sem tantos atalhos complicados?Sabe amigo, há momentos em que eu queria gritar "eu te amo" e com a mesma intensidade poder dizer, também, "não concordo" ou "não te suporto". Mas, com a estória da política da boa vizinhança nos tornamos arremedos da verdade, omitindo tantos conflitos, se realmente pudéssemos ser verdadeiros, nosso amigo entenderia que não é o "cara" o tempo todo e, quando há discordância, as pessoas podem expressar o que sente sem agredir e não ficar fazendo um tipo de bonzinho que suporta tudo, mas, que por dentro está matando uma amizade que não criou raiz para fecundar e crescer sólida, resistindo a qualquer vendaval.Bem amigo, vou ficando por aqui tentando refletir sobre tudo o que pensei para não me sentir tão afetada quando um amigo disser que não concorda comigo e que eu poderia melhorar o meu proceder.
Um grande abraço e até breve.

Gripe Suina

Posted by Elvira Pereira 0 comments

Número de mortes por gripe na Argentina sobe para 100
da Efe, em Buenos Aires (11/07/2009)
Pelo menos 100 pessoas morreram até o momento na Argentina, em decorrência de gripe suína --como é chamada a gripe A (H1N1)--, segundo cálculos extra-oficiais feitos hoje, com base nos dados divulgados por autoridades sanitárias de diferentes Províncias (Estados) do país.
O Ministério argentino da Saúde não divulga, desde quinta-feira, um novo relatório oficial sobre a quantidade de óbitos pela doença, que até esse dia chegava a 82.
No entanto, nas últimas horas, autoridades sanitárias de várias Províncias informaram sobre 18 novas mortes, com as quais o número total chega a 100.
As Províncias nos quais há maior quantidade de falecidos são Buenos Aires, onde vive a maior parte da população nacional, e Santa Fé, no centro do país.
O ministro argentino de Saúde, Juan Manzur, reiterou nesta sexta-feira que as consultas e hospitalizações pela doença estão diminuindo tanto na capital, quanto na Província de Buenos Aires, mas aumentaram no resto do país.
Manzur estima que aproximadamente 100 mil pessoas tenham sido infectadas pelo vírus da gripe na Argentina.
Devido à pandemia, a capital e a maior Província do país decretaram emergência sanitária, além de restringir e suspender as atividades nas escolas, universidades, teatros e tribunais, entre outras.

Flagra!

Posted by recunha 0 comments

video

    Arquivo

    Cultmidiáticos