RNP assina acordo para projetos de internet

Posted by recunha maio 23, 2010

Fonte: RNP

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e a Oi, empresa de telecomunicações brasileira, assinou um acordo de cooperação técnica e científica para a realização conjunta de projetos para evolução da internet, em plataforma experimental, (aplicações, serviços e protocolos de rede) e a estruturação de ambientes de teste para projetos de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos na área de telecomunicações.

Foto Ricardo Lemos/MCT
O acordo é decorrente de um compromisso firmado entre a Oi e a Anatel que, para aprovar a compra da Brasil Telecom pela empresa, estabeleceu que a nova companhia resultante da fusão devesse investir em pesquisa e desenvolvimento (P&D), nos próximos 10 anos, os valores correspondentes a 100% do recolhimento feito anualmente ao Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (FUNTTEL), o que equivale hoje a, aproximadamente, R$ 140 milhões. Pelo convênio, a Oi vai disponibilizar infraestrutura de capacidade de transmissão em fibras ópticas, para uso não comercial pela RNP, além de operar e realizar a manutenção dos sistemas.

Para o diretor-geral da RNP, Nelson Simões, a parceria representa uma nova etapa no esforço de inclusão digital. “A RNP amplia novamente sua capacidade e abrangência para apoiar as universidades e centros de pesquisa brasileiros envolvidos em P&D, educação, saúde e cultura. Com a Anatel e o MCT, inauguramos esta nova etapa, em que a parceria com a Oi Telecomunicações será um importante instrumento de inclusão e consolidação do Sistema Nacional de CT&I”, afirma.

Nesta primeira etapa, o alcance da rede acadêmica nacional, operada pela RNP, será ampliado, com múltiplos gigabits, para 24 capitais, beneficiando iniciativas em ciência, tecnologia, educação, saúde e cultura e ampliando a infraestrutura de backbone da organização.

Estima-se que o maior impacto social deste acordo se refira às ações de suporte à pesquisa e educação a distância, que produzem novas aplicações utilizadas nas políticas públicas de formação de professores (exemplo: Universidade Aberta do Brasil), pesquisa e educação em saúde (exemplos: Rede Universitária de Telemedicina e Programa Nacional de Telessaúde), entre outras.

A rede da RNP interliga atualmente cerca de 600 instituições de ensino superior e de pesquisa e beneficia mais de um milhão de usuários. Além disso, viabiliza a conexão destas a instituições acadêmicas internacionais, por meio da conexão às redes acadêmicas latino-americana (RedClara), europeia (Géant) e norte-americana (Internet2), além de ter conexão própria à Internet mundial.

0 comments

Postar um comentário

    Arquivo

    Cultmidiáticos